Select Your Style

Choose your layout

Color scheme

(11) 2228-9233 | (11) 97499-6854(vivo). Nós ligamos para você

Emoções…

De onde vem as emoções?

Que sensação é esta de levantar com o “pé esquerdo”?

Medo, alegria, raiva, ansiedade… De onde vem e para onde nos fazem caminhar? Já passou pela sua cabeça a quantidade de emoções que você pode sentir em um único dia ? Costumeiramente quando pergunto a alguém como se sente? Ouço a resposta: – Bem, mal ou estranho… Mas são inúmeros os estados de humor que podemos sentir e identifica-los é um grande passo em direção a mudança emocional.

Se você tem dificuldade de identificar seus estados de humor pode começar observando mudanças em seu corpo. Ombros contraídos podem indicar que está com medo ou tensão; corpo pesado pode indicar frustração.

Como regra geral, os estados de humor podem ser identificados por uma única palavra descritiva, se você precisa de mais de uma palavra para descrever estado de humor, você pode estar descrevendo um pensamento.

Então vamos lá… de onde vem as emoções? Porque algumas pessoas sentem medo quando veem um cachorro e outras ficam felizes?

A resposta tem a ver com funções biológicas ou pessoais de cada ser. Exemplo, alguns podem sentir-se felizes por ter tido uma convivência amável com o animal e outros podem ao contrario ter vivenciado uma experiência desagradável.

Isto faz com que na hora que esta situação é vivenciada você tenha algum pensamento do tipo: “a que lindo!”(felicidade) ou “ele pode me morder” (medo). Já a respeito dos fatores biológicos a maioria das pessoas vai sentir medo ao ver um leão, mas isso não é regra!

No entanto, o X da questão é que a nossa forma de pensar pode contribuir para um desequilíbrio emocional se instalar.

Vamos falar da ansiedade que é um sentimento que muitos têm e as vezes não sabe porquê. Temos um fator biológico na ansiedade. Você sabia? Sim! A ansiedade serve como combustível para nosso dia a dia, ela faz com que tenhamos disposição para levantarmos da cama todos os dias, irmos trabalhar e nos prepararmos para o futuro, mas se a ansiedade fica muito alta ela antecipa este futuro de forma negativa, fazendo com que além de espera-lo, espere o pior (fator pessoal). Sendo assim, não podemos deixar que ela cresça e também não podemos elimina-la. Dificil? Não! … vamos falar sobre isso…

Todas as emoções que nós temos sejam agradáveis ou não, são importantes para o nossa sobrevivência! O que acontece é que nossa forma de pensar pode desregular o nível ideal de senti-las… então, podemos mudar o que sentimos? Como? Mudando o que pensamos! – Mas isso é assunto para outro dia… Agora que você sabe o que são e de onde vem comece a identificar os três principais estados de humor que você tem durante um dia e verifique … como no caso da ansiedade se tem feito você agir ou ficar horas pensando no pior? Esse é um bom parâmetro para identificar se suas emoções estão em equilíbrio.

 

 

Escrito por: Talita Simões

Psicóloga Diretora do Centro Paulista de Psicologia

talita.simoes@cepapsicologia.com.br

 

Author Info

fabio fabio

Sem comentários

Poste um comentário